Julio

ANO

1861

BANDEIRA

Portugal

TIPO DE EMBARCAÇÃO

Brigue

ÁREA DE ATUAÇÃO

Sem informação

NOME DA EMPRESA

Sem informação

ORIGEM

Recife

DESTINO

Parahyba do Norte

ANOTAÇÕES

[Fonte 1] Data de publicação do jornal. O brigue estava consignado ao negociante "Primo Pacheco Borges". No comunicado o brigue pede para descarregar o lastro de areia na ponte do Sanhauá, tendo em vista que "ali tem aquella embarcação de tomar a respectiva carga". Acredito que o termo "ponte" esteja sendo empregado como um cais. Seria fundamental verificar os diversos outros empregos da palavra "ponte". [Fonte 2] Data da publicação do jornal., Consignado ao negociante Primo Pacheco Borges, que solicitou a autorização para descarregar o lastro de areia na ponte do Sanhauá.

FONTE(s)

A REGENERAÇÃO. Parte Official: Governo da Provincia - Expediente do governo: Dia 12. Parahyba do Norte.16 de Nov. 1861. 4 f., p. 1. Disponível em: <http://memoria.bn.br/DocReader/817481/208>. Acesso em: 28 jun. 2017.

A REGENERAÇÃO. Expediente do Governo. Parahyba do Norte. 16 de Nov. 1861. 4 f., p. 1. Disponível em: <http://memoria.bn.br/DocReader/817481/208>. Acesso em: 8 jul. 2017.

O Museu Marítimo EXEA é um museu sustentável, que se utiliza do mundo virtual para promover a salvaguarda do patrimônio cultural marítimo associado à relação do ser humano com o Oceano Atlântico.