Arqueologia Naval

Pesquisa com enfoque na caracterização da navegação marítima no Oceano Atlântico através dos vestígios associados.

Arqueologia Subaquática

Identificação dos naufrágios ocorridos no Extremo Oriental das Américas, estado de conservação, registro por imagens (vídeos e fotogrametria) e realização de projetos de pesquisas.

Arqueologia da baleação

Realizar o levantamento arqueológico terrestre e subaquático/úmido, identificando e reconstituindo a planta da indústria da baleia em Costinha / PB.

Atlas dos Naufrágios - Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte

Banco de dados oriundo do Atlas de Naufrágios da Marinha do Brasil. Os dados referentes às embarcações naufragadas nos estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte foram compartilhados com o Museu Marítimo EXEA através do Departamento de História da Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha.

Barcas & Barcaças

O banco de dados de barcas e barcaças do EXEA conta, atualmente, com 130 embarcações, de pelo menos 11 nacionalidades, provenientes de 8 portos, tendo o primeiro registro em 24 de abril de 1861 e o último registro em 22 de Dezembro de 1923. 

De vento em popa

Programa que foca na produção de pequenos documentários multilíngue sobre a memória cultural marítima do e a partir do Extremo Oriental das Américas.

Empresas e Instituições Públicas

O banco de dados "Empresas e Instituições Públicas" do EXEA conta, atualmente, com 27 empresas e instituições públicas, que atuam em 11 áreas distintas, tendo o primeiro registro em 1864 e o último em 1933.

Exposições Virtuais

Exposições temáticas organizadas por nossas equipes e parceiros, com o objetivo de apresentar os resultados de nossas pesquisas, democratizando o acesso ao conhecimento relativo ao patrimônio marítimo.

História marítima

Nesta linha de pesquisa será trabalhado o resgate da história marítima à partir do Extremo Oriental das Américas, indo da ocupação europeia (séc. XVI) ao século XX.

Investigadores do Amanhã

Contribuindo com a formação de futuros pesquisadores através do ensino da metodologia científica e da produção acadêmica.

Jogos Analógicos

Desenvolvimento de jogos analógicos, com a temática do patrimônio marítimo, para serem aplicados como material didático em Escolas do Ensino Fundamental II e Ensino Médio. ​

Naufrágios e achados isolados

O banco de dados de naufrágios e achados isolados do EXEA conta, atualmente, com 151 embarcações naufragadas, 5 achados isolados, sendo que 21 destes dados foram obtidos através de entrevistas e em 130, por meio de documentos do período.

Outras embarcações

O banco de dados "Outras Embarcações" do EXEA conta, atualmente, com 143 embarcações, de pelo menos 16 tipologias e 10 nacionalidades, provenientes de 10 portos, tendo o primeiro registro em 28 de Fevereiro de 1850 e o último registro em 07 de Setembro de 1933.

Revista Atlanticus

A Revista Atlanticus do Museu Marítimo EXEA, consiste num periódico especializado no estudo do Oceano Atlântico.

Sagres Virtual

Sagres Virtual é o programa de cursos do Museu Marítimo EXEA.

Suporte à navegação

O banco de dados "Suporte à Navegação" do EXEA conta, atualmente, com 56 estruturas identificadas, listando e descrevendo 2 faróis, 4 armazéns, 9 embarcações, 2 cais, 16 portos e ancoradouros, entre outras, todas localizadas no Extremo Oriental das Américas.

Terra à vista

Promover a educação patrimonial de alunos do ensino básico (fundamental e médio) em escolas na Grande João Pessoa / PB / Brasil e na cidade de Tomar / Portugal através de atividades empíricas sob a perspectiva marítima das navegações.

Vapores no Extremo Oriental das Américas

O banco de dados de vapores do EXEA conta, atualmente, com 199 embarcações, de pelo menos 8 nacionalidades, provenientes de 19 portos, pertencentes ou consignadas a 15 empresas distintas, tendo o primeiro registro em 7 de junho de 1850 e o último registro em 23 de Março de 1941. 

Programas

Nossas ações estão divididas em programas

O Museu Marítimo EXEA é um museu sustentável, que se utiliza do mundo virtual para promover a salvaguarda do patrimônio cultural marítimo associado à relação do ser humano com o Oceano Atlântico.